"Esta web utiliza cookies para facilitar la navegación por ella y para realizar análisis de su uso, incluida la elaboración de perfiles de navegación con fines publicitarios. Si continua navegando, consideramos que acepta su instalación. Para obtener información detallada sobre las cookies que utilizamos, incluyendo cómo configurar su navegador para rechazarlas, pulse aquí."

restauración

ficha técnica

SOCIOLOGIA
A NOVA MEDICINA
A NOVA MEDICINA
(edición digital)
2016
88
978-989-8819-60-4
ENSAIOS DA FUNDAçãO
Epublication content package
Portuguese
1,10
(IVA inc)*
  • Ver dispositivos compatibles
  • ¿Es la primera vez que compras un eBook? Clica aquí

Permisos sobre el eBook

Imprimible: Prohibido.
Copiar/pegar: Prohibido.
Compartir: 6 dispositivos permitidos.

DRM o protección anticopia (para saber qué es clique aquí)

Si

sinopsis

Este ensaio é dedicado à extraordinária transformação da Medicina nas últimas décadas. A ciência, a prática e a ética desta Nova Medicina são objecto de particular atenção, e é explicado o modo como aquela absorveu o progresso científico e tecnológico e se adaptou a uma nova ecologia económica, social e até moral, e às exigências de uma sociedade cada vez mais informada sobre o poder da arte médica. Olhando o futuro, exprime-se uma preocupação ? o envelhecimento; uma incerteza ? a sustentabilidade dos sistemas de saúde; uma necessidade ? a medicina de «translação»; e uma utopia possível ? a medicina «personalizada». Conclui-se com uma breve reflexão sobre a educação do médico necessário a esta medicina difícil, incerta, arriscada e perigosa.

Biografía del autor

Nascido em Lisboa em 1944, João Lobo Antunes é professor de Neurocirurgia na Faculdade de Medicina de Lisboa e presidente do Instituto de Medicina Molecular, de que foi fundador. Entre 1971 e 1984, trabalhou no Instituto Neurológico da Universidade de Columbia em Nova Iorque, onde foi fellow da Fundação Fulbright e da Fundação Matheson. É autor de mais de 170 artigos científicos e sobre temas médicos e de cinco livros de ensaios. Em 2010, publicou uma colectânea de ensaios sobre ética, Inquietação Interminável, e uma biografia de Egas Moniz. Recebeu vários prémios nacionais e internacionais. Em 1996, foi distinguido com o Prémio Pessoa.


*Todos nuestros productos incluyen el IVA, ampliar información


comentarios de los usuarios/usuarias