Utilizamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios. Si continúa navegando, consideramos que acepta su uso. Puede obtener más información en nuestra política de cookies.

restauración

ficha técnica

NARRATIVA ANGLOSAJONA
A PRIMEIRA PEDRA
A PRIMEIRA PEDRA. EU, PADRE GAY, E A MINHA REVOLTA CONTRA A HIPOCRISIA DA IGREJA
(edición digital)
2017
978-989-657-892-3
PLANETA MANUSCRITO
Epublication content package
Portuguese
11,99
(IVA inc)*
  • Ver dispositivos compatibles
  • ¿Es la primera vez que compras un eBook? Clica aquí

Permisos sobre el eBook

Imprimible: Prohibido.
Copiar/pegar: Prohibido.
Compartir: 6 dispositivos permitidos.

DRM o protección anticopia (para saber qué es clique aquí)

Si

sinopsis

Eu, padre gay, e a minha revolta contra a hipocrisia da Igreja.

Krzystof Charamsa era Monsenhor e funcionário da Santa Sé (onde tinha substituído o padre Georg Gänswein, que se tornara secretário pessoal do Papa Bento XVI).

Em Outubro do ano passado, assumiu publicamente a sua homossexualidade. Foi suspenso pelo Vaticano, por quebra do voto de celibato.

O caso foi notícia nos principais meios de comunicação em todo o mundo.

Este livro é a sua história, contada na primeira pessoa. Uma autobiografia honesta e absolutamente invulgar que relata o que é ser homossexual por debaixo de uma batina. Charamsa decidiu denunciar ao mundo a hipocrisia da Igreja Católica, uma instituição que, considera, há séculos utiliza o sexo com a finalidade de impor o seu poder.

O autor debruça-se ? com profundo conhecimento ? sobre a posição da Igreja Católica sobre o tema ao longo dos últimos anos, apontando incongruências baseadas em factos que ele próprio viveu ou testemunhou.

Charamsa sustenta que mais de metade do clero é homossexual; defende que os evangelhos e a mensagem de Jesus não são homofóbicos; afirma que a homossexualidade é o dom de Deus para os homossexuais, como a heterossexualidade é para os heterossexuais; considera que a Igreja, que diz ser feita de homossexuais reprimidos, tem demonizado a homossexualidade para consolidar o seu próprio poder.

Tudo isto sedimentado na sua experiência pessoal no seio da estrutura da Igreja Católica, onde chegou a membro da Congregação para a Doutrina da Fé.

Num registo íntimo, tocante e incomum, Monsenhor Charamsa fala aberta e pungentemente de um tema tabu para a Igreja, num livro raro e incontornável que não vai deixar ninguém indiferente.


*Todos nuestros productos incluyen el IVA, ampliar información


comentarios de los usuarios/usuarias