"Esta web utiliza cookies para facilitar la navegación por ella y para realizar análisis de su uso, incluida la elaboración de perfiles de navegación con fines publicitarios. Si continua navegando, consideramos que acepta su instalación. Para obtener información detallada sobre las cookies que utilizamos, incluyendo cómo configurar su navegador para rechazarlas, pulse aquí."

restauración

ficha técnica

BELEZA BEIRã
BELEZA BEIRã
(edición digital)
2014
512
978-989-51-2435-0
Epublication content package
Portuguese
3,00
(IVA inc)*
  • comprar ahora

    tu libro al instante

  • Ver dispositivos compatibles
  • ¿Es la primera vez que compras un eBook? Clica aquí

Permisos sobre el eBook

Copiar/pegar: Prohibido.
Imprimible: Prohibido.

DRM o protección anticopia (para saber qué es clique aquí)

No

sinopsis

É interessante como João Rendeiro nesta obra se revela crítico do paradigma académico identificado pela ?síntese neoclássica? e assente no princípio da racionalidade do ?homem económico? que, estatisticamente, ?comportar-se-ia como uma distribuição normal e os modelos econométricos que representavam tinham um comportamento estocástico perfeito?. Por isso reconhece ?a implosão dos modelos estatísticos? perante a incapacidade de explicarem ?as crises, sobretudo se graves?. O Autor não é um personagem fora do palco dos acontecimentos, nem ao longo das duas centenas de páginas revela qualquer preocupação com qualquer neutralidade académica. Pelo contrário, situa-se no enredo, escalpeliza os personagens e identifica as relações que entre elas se estabelecem. Porém, fá-lo com o conhecimento de uma experiência acumulada, o domínio das técnicas do negócio financeiro e a sustentação da teoria económica que continua a dominar. Neste aspecto, não é muito usual encontrar quem consiga combinar aqueles três pilares do conhecimento. João Rendeiro conhece bem os meandros da política e dos negócios em Portugal e não se coíbe de tomar posição, quantas vezes em contracorrente ao mainstream construído diariamente entre política, negócios e media. É esta atitude que o distingue do discurso politicamente correto que domina o dia a dia desta minúscula praça financeira sedeada em Lisboa. Quando estes meios são de reduzida escala tudo se torna mais previsível, salvo as tempestades financeiras que a globalização faz chegar ao mais recôndito lugar do mundo, principalmente quando a sua exposição é inversamente proporcional ao seu tamanho e relevância.


*Todos nuestros productos incluyen el IVA, ampliar información


otros libros del autor

ARMA CRÍTICA
año de edición: 2014
formato: Epublication content package
páginas: 512
+ info

comentarios de los usuarios/usuarias