Utilizamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios. Si continúa navegando, consideramos que acepta su uso. Puede obtener más información en nuestra política de cookies.

restauración

ficha técnica

COMO SE NãO HOUVESSE PLATãO
COMO SE NãO HOUVESSE PLATãO
(edición digital)
2015
94
978-989-51-4101-2
Unspecified
Portuguese
3,00
(IVA inc)*
  • comprar ahora

    tu libro al instante

  • Ver dispositivos compatibles
  • ¿Es la primera vez que compras un eBook? Clica aquí

Permisos sobre el eBook

Copiar/pegar: Prohibido.
Imprimible: Prohibido.

DRM o protección anticopia (para saber qué es clique aquí)

No

sinopsis

Segundo o autor, os poetas sabem que não há espaços ordinários enquanto deambulamos na vida: o ser-se corpo ganha uma densidade nova nesse caminhar entre o visível e o invisível do olhar e entre cartografias inexistentes que os passos vão desenhando em errância. Onde está a linguagem deste silêncio denso? Como dizer os gestos, a cor, o novo de cada passo e o subtil devaneio que chega ao olhar e abriga? Onde está a língua que não exprime mas que compreende, que não é discurso mas experiência? Onde está a língua da nudez e do caos que ensina a criar, a ser resistência? Como retornar à poesia perdida da infância? O autor deseja, então, que os poemas deste livro, e todos os poemas de todos os poetas, fortaleçam uma subjetividade criadora que tente viver no limiar das respostas possíveis.


*Todos nuestros productos incluyen el IVA, ampliar información


comentarios de los usuarios/usuarias