"Esta web utiliza cookies para facilitar la navegación por ella y para realizar análisis de su uso, incluida la elaboración de perfiles de navegación con fines publicitarios. Si continua navegando, consideramos que acepta su instalación. Para obtener información detallada sobre las cookies que utilizamos, incluyendo cómo configurar su navegador para rechazarlas, pulse aquí."

restauración

ficha técnica

DO POP AO TEATRO DE RUA: REVOLUçõES IBÉRICAS DE GÉNERO EM ANTÓNIO VARIAçõES E JOSÉ PÉREZ OCAÑA
DO POP AO TEATRO DE RUA: REVOLUçõES IBÉRICAS DE GÉNERO EM ANTÓNIO VARIAçõES E JOSÉ PÉREZ OCAÑA
(edición digital)
2017
358
978-989-52-0800-5
Epublication content package
Portuguese
3,00
(IVA inc)*
  • comprar ahora

    tu libro al instante

  • Ver dispositivos compatibles
  • ¿Es la primera vez que compras un eBook? Clica aquí

Permisos sobre el eBook

Copiar/pegar: Prohibido.
Imprimible: Prohibido.

DRM o protección anticopia (para saber qué es clique aquí)

No

sinopsis

Numa era, em que se começa a se verificar algumas mudanças relativamente a homossexualidade, a Ibéria tem ainda um longo caminho a percorrer para romper com as mentalidades de dominação masculina. Ao longo dos séculos, as instituições de poder têm persistido em governar os nossos corpos, e têm legislado contra o género, a sexualidade e atos sexuais considerados ?desviantes? das normas prescritas. A música, a dança assim como a performance também foram julgadas pelas ambiguidades que poderiam perpeturar. No contexto Ibérico, estas identidades também não se encontraram isentas destas legislações e punições e com a instauração dos regimes salazarista em Portugal, e franquismo em Espanha foram reforçadas estas leis e medidas de coerção contra estes atos sexuais que divergem da normatividade. Com o fim destes regimes ditatoriais na década de setenta, a Ibéria sofreu um boom em vários aspectos socioculturais e políticos. Foi durante esta mesma altura, que Portugal e Espanha viriam a conhecer dois perfomers que marcaram este período de transição: António Variações e José Pérez Ocaña. Estes dois artistas não só acabariam por mudar a realidade destas duas sociedades, mas também acabariam por desempenhar um papel fulcral em termos sexuais e de género, embora isto não fosse visível para todos. Ambos artistas acabaram por ter um papel importantíssimo na articulação e construção de identidades que se encontram fora da esfera normativa.


*Todos nuestros productos incluyen el IVA, ampliar información


comentarios de los usuarios/usuarias