"Esta web utiliza cookies para facilitar la navegación por ella y para realizar análisis de su uso, incluida la elaboración de perfiles de navegación con fines publicitarios. Si continua navegando, consideramos que acepta su instalación. Para obtener información detallada sobre las cookies que utilizamos, incluyendo cómo configurar su navegador para rechazarlas, pulse aquí."

restauración

ficha técnica

ENSAIO SOBRE O INDIVIDUALISMO
ENSAIO SOBRE O INDIVIDUALISMO
(edición digital)
2017
692
978-989-51-8796-6
Epublication content package
Portuguese
3,00
(IVA inc)*
  • comprar ahora

    tu libro al instante

  • Ver dispositivos compatibles
  • ¿Es la primera vez que compras un eBook? Clica aquí

Permisos sobre el eBook

Copiar/pegar: Prohibido.
Imprimible: Prohibido.

DRM o protección anticopia (para saber qué es clique aquí)

No

sinopsis

Este livro é um ensaio, é um ensaio da Individualogia. É um ensaio para o ?Individualismo?. É um ensaio, porque ensaia, na consciência de que é um ensaio, com abertura para outros ensaios. Não tenho interesse que tenha uma estrutura fechada. Tenho interesse que tenha uma estrutura aberta, para aberturas. É um ensaio na abertura para mais questões e mais respostas. Se tiver de responder acerca da razão porque o escrevo, para quem o escrevo, ou para que é que o escrevo, a resposta é: «O amor é o mais importante do que existe»Tudo o resto é uma continuidade desta tese, enquanto resposta.Quanto mais homens o livro ajudar a amar, mais realizado me sentirei. Apesar de a minha autorrealização não depender disso, eu tenho uma enorme vontade de ver o mundo, a humanidade, todos os animais, em harmonia, com amor. Mas eu não posso contrariar o livre-arbítrio de ninguém. Mas ninguém pode contrariar o livre-arbítrio de ninguém, o principio-livre de ninguém, portanto, creio que um livro que se afirme com conteúdos de auto-ajuda vem mesmo a calhar. Pois o máximo que eu posso fazer, pois o máximo que cada um pode fazer, é ajudar os outros, o próximo, a autoajudar-se. Pois ele tem de escolher. Pois ele tem a escolha. Sempre a escolha. Sempre o principio-livre de cada um. Sempre o principio-livre de cada ?Individualidade?. E, a partir daqui, surge parcialmente, a ciência-filosófica da ?Individualogia?. Para que a doutrina do ?Individualismo? se possa afirmar formalmente.


*Todos nuestros productos incluyen el IVA, ampliar información


comentarios de los usuarios/usuarias