Utilizamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios. Si continúa navegando, consideramos que acepta su uso. Puede obtener más información en nuestra política de cookies.

restauración

ficha técnica

SOCIOLOGIA
LIMITES DA CIêNCIA
LIMITES DA CIêNCIA
(edición digital)
2016
188
978-989-8838-21-6
9
Epublication content package
Portuguese
2,99
(IVA inc)*
  • Ver dispositivos compatibles
  • ¿Es la primera vez que compras un eBook? Clica aquí

Permisos sobre el eBook

Imprimible: Prohibido.
Copiar/pegar: Prohibido.
Compartir: 6 dispositivos permitidos.

DRM o protección anticopia (para saber qué es clique aquí)

Si

sinopsis

A ciência é infinda, mas limitada. Alguns limites são internos: as regras, leis, princípios, teoremas, etc., que a própria ciência produz. Outros, impostos pelas técnicas e instrumentos de medida, são provisórios. A língua (matemática) e a linguagem científicas também podem ser obstáculos à comunicação. Os verdadeiros limites da ciência são, porém, de natureza ética, política, económica e financeira. Neste ensaio são analisados os quatro CC da ciência: o seu carácter (nomeadamente a serendipidade da descoberta científica), as crises causadas pela censura e pelo mau comportamento científico (erro, plágio, fraude), o papel do capital (financiamento e administração da ciência) e as catástrofes (naturais, como a erupção da Krakatoa, em 1883; ou devidas a falha humana, como Bhopal, Chernobyl e Golfo do México). São também discutidas as ameaças vinda do espaço, os sobressaltos do bioterrorismo e das nanotécnicas e o destino do lixo nuclear. Numa época em que a guerra se trava já no ciberespaço, o leitor é alertado para os perigos latentes da (super)inteligência artificial.

Biografía del autor

Licenciado em engenharia química pelo Instituto Superior Técnico e doutorado em química pela Universidade de Oxford, JORGE CALADO tem desenvolvido carreiras nas ciências e nas artes. Professor catedrático de química-física do IST e catedrático adjunto de engenharia química da Universidade de Cornell (EUA), dedicou-se à termodinâmica de líquidos moleculares, tendo gerado mais de cem doutoramentos (directos e secundários). Em 2011 (Ano Internacional da Química) publicou ?Haja Luz? ? Uma História da Química Através de Tudo?. Fundou e dirigiu, no Instituto Nacional de Administração, os primeiros cursos, em Portugal, de administração das artes. Crítico cultural do jornal Expresso, iniciou a Coleccção Nacional de Fotografia e já comissariou mais de vinte exposições de fotografia em Portugal, Bélgica, França, Inglaterra e EUA.


*Todos nuestros productos incluyen el IVA, ampliar información


comentarios de los usuarios/usuarias