"Esta web utiliza cookies para facilitar la navegación por ella y para realizar análisis de su uso, incluida la elaboración de perfiles de navegación con fines publicitarios. Si continua navegando, consideramos que acepta su instalación. Para obtener información detallada sobre las cookies que utilizamos, incluyendo cómo configurar su navegador para rechazarlas, pulse aquí."

restauración

ficha técnica

SOCIOLOGIA
MOVIMENTO PERPÉTUO - HISTÓRIAS DA MIGRAçãO PORTUGUESA
MOVIMENTO PERPÉTUO - HISTÓRIAS DA MIGRAçãO PORTUGUESA
(edición digital)
2016
112
978-989-8838-60-5
RETRATOS DA FUNDAçãO
Epublication content package
Portuguese
2,49
(IVA inc)*
  • Ver dispositivos compatibles
  • ¿Es la primera vez que compras un eBook? Clica aquí

Permisos sobre el eBook

Imprimible: Prohibido.
Copiar/pegar: Prohibido.
Compartir: 6 dispositivos permitidos.

DRM o protección anticopia (para saber qué es clique aquí)

Si

sinopsis

Há um padeiro desterrado em Timor no início da ditadura. E um filho apanhado ainda pequeno pela II Grande Guerra, resgatado por australianos, recolhido pela Casa Pia de Lisboa. Há um serrador que cumpriu ordem para combater em Moçambique. E um operário que desertou e fugiu para França. Há mulheres que estavam na fronteira luso-espanhola a passar gente sem papéis. E mulheres que foram ter com os maridos a Moçambique e tiveram de fugir. Há um comercial que se livrou disso tudo, mas foi surpreendido pela crise desempregado, com a casa por pagar, e arriscou a sorte em Inglaterra. E há uma encruzilhada de outras vidas que as circunstâncias empurram para dentro ou para fora do país. Portugal é dez milhões dentro e dois milhões fora.

Biografía del autor

Ana Cristina Pereira é repórter do Público e cronista do DN-Madeira. Tem interesse especial por temas de direitos humanos e exclusão social, como pobreza, protecção de crianças e jovens, igualdade de género, migrações, minorias, envelhecimento, ajuda ao desenvolvimento, reclusão, drogas. É autora dos livros Meninos de Ninguém (Ulisseia, 2009) e Viagens Brancas (Arcádia, 2011) e co-autora dos livros Desafios-Direitos das Mulheres na Guiné-Bissau (Associação para a Cooperação entre os Povos/Liga Guineense de Direitos Humanos, 2012) e Todas as Vozes/All the Voices (SOS Racismo, 2014). Já em 2016, estreou-se na escrita de teatro-documental com a peça Onde o Frio se demora, co-produzida pela Narrativensaio e pela Casa das Artes de Famalicão.


*Todos nuestros productos incluyen el IVA, ampliar información


comentarios de los usuarios/usuarias