Utilizamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios. Si continúa navegando, consideramos que acepta su uso. Puede obtener más información en nuestra política de cookies.

restauración

ficha técnica

SOCIOLOGIA
MOVIMENTO PERPÉTUO - HISTÓRIAS DA MIGRAçãO PORTUGUESA
MOVIMENTO PERPÉTUO - HISTÓRIAS DA MIGRAçãO PORTUGUESA
(edición digital)
2016
112
978-989-8838-60-5
RETRATOS DA FUNDAçãO
Epublication content package
Portuguese
1,10
(IVA inc)*
  • Ver dispositivos compatibles
  • ¿Es la primera vez que compras un eBook? Clica aquí

Permisos sobre el eBook

Imprimible: Prohibido.
Copiar/pegar: Prohibido.
Compartir: 6 dispositivos permitidos.

DRM o protección anticopia (para saber qué es clique aquí)

Si

sinopsis

Há um padeiro desterrado em Timor no início da ditadura. E um filho apanhado ainda pequeno pela II Grande Guerra, resgatado por australianos, recolhido pela Casa Pia de Lisboa. Há um serrador que cumpriu ordem para combater em Moçambique. E um operário que desertou e fugiu para França. Há mulheres que estavam na fronteira luso-espanhola a passar gente sem papéis. E mulheres que foram ter com os maridos a Moçambique e tiveram de fugir. Há um comercial que se livrou disso tudo, mas foi surpreendido pela crise desempregado, com a casa por pagar, e arriscou a sorte em Inglaterra. E há uma encruzilhada de outras vidas que as circunstâncias empurram para dentro ou para fora do país. Portugal é dez milhões dentro e dois milhões fora.

Biografía del autor

Ana Cristina Pereira é repórter do Público e cronista do DN-Madeira. Tem interesse especial por temas de direitos humanos e exclusão social, como pobreza, protecção de crianças e jovens, igualdade de género, migrações, minorias, envelhecimento, ajuda ao desenvolvimento, reclusão, drogas. É autora dos livros Meninos de Ninguém (Ulisseia, 2009) e Viagens Brancas (Arcádia, 2011) e co-autora dos livros Desafios-Direitos das Mulheres na Guiné-Bissau (Associação para a Cooperação entre os Povos/Liga Guineense de Direitos Humanos, 2012) e Todas as Vozes/All the Voices (SOS Racismo, 2014). Já em 2016, estreou-se na escrita de teatro-documental com a peça Onde o Frio se demora, co-produzida pela Narrativensaio e pela Casa das Artes de Famalicão.


*Todos nuestros productos incluyen el IVA, ampliar información


comentarios de los usuarios/usuarias