Utilizamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios. Si continúa navegando, consideramos que acepta su uso. Puede obtener más información en nuestra política de cookies.

restauración

ficha técnica

NÉLSON ARAGãO
NÉLSON ARAGãO
(edición digital)
2014
202
978-989-51-2009-3
Unspecified
Portuguese
3,00
(IVA inc)*
  • comprar ahora

    tu libro al instante

  • Ver dispositivos compatibles
  • ¿Es la primera vez que compras un eBook? Clica aquí

Permisos sobre el eBook

Copiar/pegar: Prohibido.
Imprimible: Prohibido.

DRM o protección anticopia (para saber qué es clique aquí)

No

sinopsis

Sopravam sobre a África os ventos da liberdade. O fim do colonialismo já era inevitável. Numa mescla de orgulho e modéstia, extremismo e ponderação, amor e violência, clandestinidade e coragem fundiam-se as raças num conformismo ainda tímido. Os ódios acendiam-se e dissipavam-se em suspiros ora brandos ora tremendos. Valores se levantavam em confrontos permanentes... ... Aragão deixou de lutar limitando-se a gemer a cada golpe que sofresse. Sangrava abundantemente pela boca e pelo nariz. Empapuçaram-se-lhes os olhos. Com mais um soco no estômago e um golpe de judo os seus agressores atiraram-no ao sofá e fizeram-no sentar-se. Depois disso saíram da sala pura e simplesmente vociferando palavrões. Foi então que Júlio de Souza Aragão começou a compreender que a justiça da PIDE não tinha nada a ver com aquilo que pensava... ... Ao fim de dois dias de permanência naquele antro, Nelson Aragão já não podia esconder o seu sofrimento moral. Lembrou-se dos ajudantes com quem trabalhava e que tinham fugido para as matas e começou a sentir-se preocupado com o seu destino. Até Augusto que não via desde há muitos anos lhe veio à mente. Foi invadido por remorso profundo que o fez literalmente chorar; ?Eles vão ver que estás a chorar e depois será um caso sério.? dizia-lhe Arlete fingindo sorrir...


*Todos nuestros productos incluyen el IVA, ampliar información


comentarios de los usuarios/usuarias