"Esta web utiliza cookies para facilitar la navegación por ella y para realizar análisis de su uso, incluida la elaboración de perfiles de navegación con fines publicitarios. Si continua navegando, consideramos que acepta su instalación. Para obtener información detallada sobre las cookies que utilizamos, incluyendo cómo configurar su navegador para rechazarlas, pulse aquí."

restauración

ficha técnica

SOCIOLOGIA
O ENSINO DA HISTÓRIA
O ENSINO DA HISTÓRIA
(edición digital)
2016
104
978-989-8819-66-6
ENSAIOS DA FUNDAçãO
Epublication content package
Portuguese
2,49
(IVA inc)*
  • Ver dispositivos compatibles
  • ¿Es la primera vez que compras un eBook? Clica aquí

Permisos sobre el eBook

Imprimible: Prohibido.
Copiar/pegar: Prohibido.
Compartir: 6 dispositivos permitidos.

DRM o protección anticopia (para saber qué es clique aquí)

Si

sinopsis

Nas sociedades ocidentais da actualidade, muito mais do que limitações ao nível dos recursos materiais e humanos, é no domínio cultural ou ideológico que residem os maiores bloqueios. Um dos mais importantes factores explicativos dessa situação é a herança secular do materialismo dialéctico que, ao penetrar no pensamento de senso comum um pouco por todo o mundo, tornou-nos a todos, de uma ou de outra forma, depositários de versões (ultra-)simplificadas das teorias de Karl Marx. Tendemos a não duvidar de que as condições económicas determinam muito daquilo que pessoas e grupos são ou valem. Se há nisso uma inegável verdade, andamos há muito a exagerar na dose, o que nos arrasta para vícios de percepção da realidade. Quanto maiores os recursos materiais, maior a tentação de se deitar dinheiro para cima dos problemas. Em muitos casos, essa atitude agrava as dificuldades porque alimenta bloqueios culturais que impedem a procura de soluções eficazes fora do ciclo materialista. O resultado é vivermos numa época de incapacidade de isolar as questões culturais das questões materiais. Desse modo, dificilmente se percebe que uma melhor regulação da vida institucional no que respeita aos comportamentos e atitudes possa ser, em si, condição essencial para a melhoria sustentável do bem-estar colectivo.

Biografía del autor

Gabriel Mithá Ribeiro nasceu em 1965, em Moçambique. Vive em Portugal desde 1980, onde concluiu os estudos. Primeiro, a licenciatura em História pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Mais tarde, o mestrado e o doutoramento em Estudos Africanos pelo ISCTE-IUL (Lisboa). Publicou trabalhos académicos no domínio dos estudos africanos e ensaios sobre o ensino. Professor de História do ensino secundário desde 1991, em 2010 tornou-se bolseiro de pós-doutoramento da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT, Lisboa).


*Todos nuestros productos incluyen el IVA, ampliar información


comentarios de los usuarios/usuarias