Utilizamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios. Si continúa navegando, consideramos que acepta su uso. Puede obtener más información en nuestra política de cookies.

restauración

ficha técnica

SOCIOLOGIA
PORTUGAL E O MAR
PORTUGAL E O MAR
(edición digital)
2016
136
978-989-8819-51-2
ENSAIOS DA FUNDAçãO
Epublication content package
Portuguese
0,99
(IVA inc)*
  • Ver dispositivos compatibles
  • ¿Es la primera vez que compras un eBook? Clica aquí

Permisos sobre el eBook

Imprimible: Prohibido.
Copiar/pegar: Prohibido.
Compartir: 6 dispositivos permitidos.

DRM o protección anticopia (para saber qué es clique aquí)

Si

sinopsis

O mar foi um factor essencial ao desígnio político primordial do Estado Novo: a manutenção do império ultramarino. Depois de afastado esse desígnio, com o 25 de Abril e com a adesão europeia, o mar foi dispensado das grandes opções políticas e económicas nacionais. Por isso, ainda hoje somos marcados pela ideia de que o mar é sinónimo de «passado» ? e, assim, continuamos a virar-lhe as costas. Ora, a par da língua, o mar é um dos maiores activos que Portugal possui. Projectado sobre o oceano e prolongando-se nos seus arquipélagos atlânticos, Portugal dispõe da maior região marítima da União Europeia. O «mar português» é, aliás, dos mais vastos do mundo. É tempo de sabermos conjugar a economia com a nossa geografia e aproveitar os seus recursos. Através deste ensaio, procura-se evidenciar o potencial do mar para a nossa economia, dando um contributo para a visão estratégica que os portugueses devem ter quanto ao seu futuro.

Biografía del autor

Tiago Pitta e Cunha nasceu em Lisboa em Março de 1967. Licenciado pela Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa (1990) e LL.M. (Legis Magister) em Direito Europeu e Internacional pela London School of Economics and Political Science (1994), iniciou a sua carreira como advogado e assistente dessa Faculdade de Direito. Assessor do presidente da Assembleia Geral das Nações Unidas de 1995 a 1996. Delegado à Assembleia Geral das Nações Unidas em 1998 e conselheiro na Missão Permanente de Portugal junto das Nações Unidas (de 1999 a 2002). Representante de Portugal nas Nações Unidas para os Assuntos Marítimos e coordenador dos Estados-Membros da UE durante as Presidências portuguesa e francesa da União em 2000. Representante de Portugal na Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar; na Autoridade Internacional dos Fundos Marinhos, e no Processo Consultivo Informal das Nações Unidas sobre Oceanos e Direito do Mar. Coordenador da Comissão Estratégica dos Oceanos, um grupo de trabalho de alto nível, nomeado pelo primeiro-ministro e encarregado de redigir uma política nacional para os oceanos (Junho de 2003 a Outubro de 2004). Membro do Gabinete do Comissário Europeu para os Assuntos Marítimos, responsável pela Política Marítima Integrada da União Europeia (Novem- bro de 2004 a Fevereiro de 2010). É consultor do Presidente da República para os Assuntos da Ciência, do Ambiente e do Mar.


*Todos nuestros productos incluyen el IVA, ampliar información


comentarios de los usuarios/usuarias