"Esta web utiliza cookies para facilitar la navegación por ella y para realizar análisis de su uso, incluida la elaboración de perfiles de navegación con fines publicitarios. Si continua navegando, consideramos que acepta su instalación. Para obtener información detallada sobre las cookies que utilizamos, incluyendo cómo configurar su navegador para rechazarlas, pulse aquí."

restauración

ficha técnica

A PEDAGOGIA DE FREIRE E FREINET E A PRÁTICA DOS DIREITOS HUMANOS.
A PEDAGOGIA DE FREIRE E FREINET E A PRÁTICA DOS DIREITOS HUMANOS.. UMA CONTRIBUIçãO PARA AS COMUNIDADES INDÍGENA E QUILOMBOLA DA CIDADE DE AQUIRAZ-BRASIL.
(edición digital)
2017
419
978-84-9012-810-7
PDF
Portuguese
2,99
(IVA inc)*
  • comprar ahora

    tu libro al instante

  • Ver dispositivos compatibles
  • ¿Es la primera vez que compras un eBook? Clica aquí

Permisos sobre el eBook

Compartir: 6 dispositivos permitidos.
10% permitido.

DRM o protección anticopia (para saber qué es clique aquí)

Si

sinopsis

Resumen (Portugués): Esta investigação teve por objetivo principal analisar a situação das escolas localizadasnas comunidades indígena e quilombola de Aquiraz-Brasil, verificando a existência dasideias freirianas e das técnicas freinetianas, adequando-as para uma prática pedagógicaque equipare a comunidade educativa das referidas escolas a uma sociedade ?pósétnica?.Propomos uma educação modernizada, cidadã, promotora de articulações entreos contextos socioculturais em que estão situadas as referidas escolas, com a promoçãode uma cultura de Direitos Humanos, empreendedora e de cooperação, motivando-as asuperar os obstáculos da discriminação e a falta de perspectiva de uma vida digna, asconduzindo a uma transformação, e uma melhor qualidade de vida. As ideias centrais denosso trabalho foi verificar se as propostas de Paulo Freire, as técnicas Freinet, aeducação quilombola e a educação indígena atendem ou não à perspectiva de umaeducação com as referidas características, desenvolvendo atitudes e competências paraalunos, professores e servidores das escolas, satisfazendo as necessidades dascomunidades investigadas; e se os conceitos de sobreculturalidade e codesarrollo sãoinstrumentos que possibilitam a disseminação de práticas educativas que proporcionemdesenvolvimento. Para cumprir tal objetivo, realizamos um estudo etnográficoetnológico,comparativo, descritivo, predominantemente qualitativo, para uma melhoranálise da realidade estudada por meio de ações e objetivos, porém seguindo a correnteinternacional que defende a fusão das abordagens qualitativa e quantitativa e comorecurso metodológico, utilizamos a pesquisa bibliográfica e documental de caráterexploratório, descritivo, sobretudo, analítico de obras dos dois educadores e dosestudiosos de seus métodos e técnicas, além da aplicação de questionários e realizaçãode entrevistas semiestruturadas. A investigação revela que a preocupação primordial dasescolas ainda é reproduzir um modelo de escola tradicional, entenda-se, centrada noprofessor e onde as teorias não se realizam na prática. Embora não seja umamodernização que acontece de um dia para o outro, tal visão reconhece, que a práticaexitosa das técnicas Freinet no século XX em Espanha (Las Hurdes) articulada aosprincípios como a autonomia, a cooperação, e o trabalho, que são necessários àefetivação dos Direitos Humanos pode resultar bastante favorável no contexto dasescolas investigadas. Nos filiamos ao pensamento humanístico de Paulo Freire eCelestin Freinet, que revela uma esperança de que a Educação Popular reasuma seupapel como pedagogia crítica com propostas relacionadas com as distintas especifidadesdos movimentos e organizações sociais, no nosso caso especificamente de indígenas equilombolas que, sendo capazes de agir em busca da satisfação de seus desejos podemser o que quiserem.


*Todos nuestros productos incluyen el IVA, ampliar información


comentarios de los usuarios/usuarias