"Esta web utiliza cookies para facilitar la navegación por ella y para realizar análisis de su uso, incluida la elaboración de perfiles de navegación con fines publicitarios. Si continua navegando, consideramos que acepta su instalación. Para obtener información detallada sobre las cookies que utilizamos, incluyendo cómo configurar su navegador para rechazarlas, pulse aquí."

restauración

ficha técnica

CHRISTINE DE PIZAN - UMA RESISTêNCIA
CHRISTINE DE PIZAN - UMA RESISTêNCIA
(edición digital)
2018
226
978-989-51-3434-2
Epublication content package
Portuguese
3,00
(IVA inc)*
  • comprar ahora

    tu libro al instante

  • Ver dispositivos compatibles
  • ¿Es la primera vez que compras un eBook? Clica aquí

Permisos sobre el eBook

Copiar/pegar: Prohibido.
Imprimible: Prohibido.

DRM o protección anticopia (para saber qué es clique aquí)

No

sinopsis

Este livro é a publicação da tese de doutorado, Christine de Pizan: uma resistência na aprendizagem da moral de resignação, fruto de mais de 20 anos de pesquisa da autora. A importância desse livro se dá pela obra e pessoa de Christine de Pizan, personagem que viveu no final da Idade Média da profissão de escritora. Um dos grandes méritos de seus textos é o argumento que as mulheres só são inferiores aos homens porque elas não tem acesso à educação. Com esta tese Christine insere o primeiro debate feminista. Ela ousa assinar suas obras, defender as mulheres, escrever para elas, e também para os homens, fazer uma primeira história das mulheres e um manual de educação feminino. Em seus livros, Cité des dames e Trois vertus, Christine defende um perfil de mulher atuante ao lado do marido ou na falta desse, sem uma tutela masculina, uma mulher capaz de tomar decisões, preparada para viver além do gineceu (parte da habitação que, na Grécia antiga, era reservada às mulheres). O papel proposto pela autora é muito próximo ao conceito que temos hoje na nossa sociedade, qual seja, uma mulher ao lado do homem, nem pior nem melhor, igual nos direitos e deveres. Com autonomia, através da formação, para empreender sua vida. Se pensarmos que Christine de Pizan escreveu a mais de 600 anos, perceberemos a modernidade e relevância de seus textos e de sua vida. Além, dos exemplos do modo de vida das mulheres do final do século XIV e início do XV, observações essas do cotidiano de mulheres de várias camadas sociais.


*Todos nuestros productos incluyen el IVA, ampliar información


comentarios de los usuarios/usuarias