"Esta web utiliza cookies para facilitar la navegación por ella y para realizar análisis de su uso, incluida la elaboración de perfiles de navegación con fines publicitarios. Si continua navegando, consideramos que acepta su instalación. Para obtener información detallada sobre las cookies que utilizamos, incluyendo cómo configurar su navegador para rechazarlas, pulse aquí."

restauración

ficha técnica

LITERATURA FANTASTICA
O DIA EM QUE PARI MINHA MãE
O DIA EM QUE PARI MINHA MãE
(edición digital)
2013
102
978-989-736-140-1
FICçãO | FICçãO
PDF
Portuguese
5,00
(IVA inc)*
  • comprar ahora

    tu libro al instante

  • Ver dispositivos compatibles
  • ¿Es la primera vez que compras un eBook? Clica aquí

Permisos sobre el eBook

Copiar/pegar: Prohibido.
Imprimible: Prohibido.

DRM o protección anticopia (para saber qué es clique aquí)

Si

sinopsis

Ela chorava como uma criancinha. Pedi para que a limpassem. Para acalmá-la, suguei os seios dela que estavam inchados. Aos poucos a mulher foi adormecendo comigo nos braços com um sorriso torto nos lábios dilatados de felicidade. Acariciei os seus seios rosados, olhei para ela e disse para mim mesma: A Voz chamar-se-á Mamãe! Fui para o berçário quando ela adormeceu por completo. Foi assim que eu pari a minha mãe. A obra O DIA EM QUE PARI A MINHA MÃE é um hino de amor à vida e mostra como as relações humanas podem estreitar-se ou alargar-se através de pequenos gestos cotidianos. Depois que se nasce a primeira vez é possível renascer outras vezes mais. Depois que damos o nosso primeiro passo é possível que possamos cair milhares de vezes e que não consigamos nos levantar nunca mais, se não fizermos da nossa maior fraqueza a nossa grande força. Todos os amores do mundo podem não ser Amor. Mas um só com toda certeza é o mais verdadeiro do mundo: o amor que um filho e uma mãe sentem um pelo outro desde a barriga até além túmulo.

Biografía del autor

Marcella Rodrigues dos Reis nasceu no dia 05/05/84 no estado de Goiás-Brasil. A sua escrita é versátil arriscando seu espírito inquieto/irrequieto em temas fictícios, eróticos, contos cotidianos e infantis e na poesia, sua grande paixão. Fez o ensino básico no colégio Instituto Educacional Emmanuel, cuja doutrina e ensino se baseava nos princípios de Allan Kardec. Em 1999, Marcella imigra para Portugal com a sua família e conclui o ensino básico na Escola Dom Francisco Manuel de Melo. Faz o secundário na Escola Seomara da Costa Primo. Contudo, não chega a concluir o 12º ano, pelo que, decide ingressar na Escola Profissional de Artes e Ofícios do Espectáculo (EPAOE Chapitô) e entra no curso de Ofícios do Espectáculo concluíndo-o em 2010. Fez parte do espectáculo, Elogio da Sombra , dirigido pela própria e pelos seus colegas académicos e participou numa curta metragem intitulada A morte da virgem como protagonista.  Em 2012 lançou o seu primeiro livro de poesias intitulado por Era uma vez a poesia... . Desde então a sua participação em antologias poéticas e obras coletivas lusófonas tem sido uma constante. Atualmente faz parte do grupo de Jograis Poetânios pela Edições Vieira da Silva e escreve artigos para a empresa Artigo Mundo.


*Todos nuestros productos incluyen el IVA, ampliar información


comentarios de los usuarios/usuarias